Espetáculos musicais ditam o ecletismo preponderante da nova programação do Sesc Pinheiros, em São Paulo

 

1545325716178635

Sesc Pinheiros começa 2019 com uma programação de peso. Abre janeiro com shows de Fafá de Belém (4 a 6 de janeiro), Boogarins (11 de janeiro) e Juçara Marçal (12 de janeiro). Outros destaques do mês são show de lançamento de disco de Roberto Menescal e Quarteto do Rio (18 de janeiro), Rincon Sapiência (feriado do dia 25 de janeiro, sexta-feira) com repertório do disco Galanga Livre e séries de shows do projeto especial Salve Dominguinhos!, que homenageia a carreira do cantor, músico e compositor pernambucano, morto em 2013.

Confira a programação:

Shows – Fafá de Belém canta Chico Buarque

14731337_796599137146571_5879599162425639794_n
Foto: Facebook

 

De 4 a 6 de janeiro, sexta e sábado, 21 horas, e domingo, às 18 horas

Local: Teatro Paulo Autran (1010 lugares)

Recomendação: 10 anos.

Preços: R$ 40,00 (inteira), R$ 20,00 (meia entrada: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência) e R$ 12,00 (credencial plena do Sesc – trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes)

 

Fã do cantor e compositor, a cantora paraense Fafá interpreta canções de diversos momentos da carreira do artista, como Sob Medida, Bastidores e Construção. Aos 43 anos de carreira, Fafá prepara novo disco para ser lançado em 2019, o 24o. da discografia.

__________________________________________

Show – Boogarins

boogarins-5a734821e5404
Foto: Divulgação

 

Dia 11 de janeiro, sexta, às 21 horas

Local: Teatro Paulo Autran (1010 lugares)

Recomendação: 10 anos.

Preços: R$ 40,00 (inteira), R$ 20,00 (meia entrada: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência) e R$ 12,00 (credencial plena do Sesc – trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes)

 

Representante do rock psicodélico brasileiro, o grupo de Goiânia, criado em 2012, apresenta seus últimos trabalhos e experimentações. É formado por por Fernando “Dinho” Almeida (vocias), enke Ferraz (guitarra), Hans Castro (bateria) e Raphael Vaz (baixo).

____________________________________________

 

Show – Juçara Marçal canta Brigitte

Participação de Cida Moreira

foto luan cardoso
Foto: Luan Cardoso

 

Dia 12 de janeiro, sábado, às 21 horas

Local: Teatro Paulo Autran (1010 lugares)

Recomendação: 10 anos.

Preços: R$ 40,00 (inteira), R$ 20,00 (meia entrada: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência) e R$ 12,00 (credencial plena do Sesc – trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes)

 

Cantando em francês, a artista – vocalista do grupo paulistano Metá Metá – apresenta repertório da obra de Brigitte Fontaine. No show, a cantora experimenta os limites entre o canto, a fala, o grito, a declamação, mergulhando no repertório da artista francesa – cantora, escritora e atriz, que despontou na década de 60/70. Juçara cantará várias do disco “Comme à la radio”, entre outras músicas de Brigitte.

____________________________________________

Show – Roberto Menescal e Quarteto do Rio

image
Foto: Divulgação

Dia 18 de janeiro, sexta, às 21 horas

Local: Teatro Paulo Autran (1010 lugares)

Recomendação: 10 anos.

Preços: R$ 40,00 (inteira), R$ 20,00 (meia entrada: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência) e R$ 12,00 (credencial plena do Sesc – trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes)

 

Mr. Bossa Nova é o nome do trabalho que reúne Menescal com o Quarteto do Rio, um grupo que tem no DNA parte da história musical do país. Esse é o nome escolhido pelos remanescentes do mítico Os Cariocas, fundado por Ismael Neto em 1942. Depois da morte de Severino Filho, o grupo – que havia encerrado atividade em 2016 – é formado agora pelos remanescentes Elói Vicente, Neil Teixeira e Fabio Luna com o cantor e pianista Leandro Freixo. E seu primeiro álbum é esse tributo a Menescal. No repertório, O Barquinho, Ela quer Sambar, Bye Bye Brasil.

____________________________________________

47085394_2142863392438194_6388481742168129536_n
Foto: Facebook

Show – Mariene de Castro

Dias 19 e 20 de janeiro, sábado, às 21 horas, e domingo, às 18 horas

Local: Teatro Paulo Autran (1010 lugares)

Recomendação: 10 anos.

Preços: R$ 40,00 (inteira), R$ 20,00 (meia entrada: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência) e R$ 12,00 (credencial plena do Sesc – trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes)

 

No ano que celebra 20 anos de carreira, a cantora Mariene de Castro presta homenagem ao compositor baiano Roque Ferreira. Inspirado por grandes sambistas baianos como Batatinha e Ederaldo Gentil, Roque Ferreira compôs diversos sambas de sucesso que foram gravados por Clara Nunes, Maria Bethânia, Zeca Pagodinho, Beth Carvalho, João Nogueira, entre outros artistas.

 

___________________________________________

Na
 Foto: Maira Wick

Show – 

Participação de Chico Saraiva

Dia 23 de janeiro, quarta, às 20h30

Local: Auditório (98 lugares)

Recomendação: 10 anos.

Preços: R$ 25,00 (inteira), R$ 12,50 (meia entrada: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência) e R$ 7,50 (credencial plena do Sesc – trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes)

 

O show será composto pelo repertório de Antes que só um quase, segundo disco da banda . O álbum parte em busca de um lugar possível, território de afetos democráticos, estabelecendo narrativas que instauram o desejo de um mundo por vir. A tessitura de vozes que se mesclam em texturas descontínuas, múltiplas referências sonoras, sobreposição de ritmos e conteúdos críticos, cria uma paisagem dançante e singular. Voltados para Guimarães Rosa e Itamar Assumpção enquanto fontes possíveis de inspiração, sete corpos em processos de aprendizagem põem em movimento a indagação, a dúvida e a incerteza.

____________________________________________

 

Show – Rincon Sapiência

rincon-sapiÊncia-home-inside
Foto: Divulgação

Dia 25 de janeiro, sexta (feriado), às 18 horas

Local: Teatro Paulo Autran (1010 lugares)

Recomendação: 10 anos.

Preços: R$ 40,00 (inteira), R$ 20,00 (meia entrada: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência) e R$ 12,00 (credencial plena do Sesc – trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes)

 

Show afrofuturista do álbum Galanga Livre, primeiro CD do rapper Rincon Sapiência. Aprimorando a originalidade de suas composições, já marcadas por influências das músicas africana, eletrônica e jamaicana, no disco ele revela maturidade poética e musical. A notória negritude que distingue o trabalho de estreia do MC paulistano se faz sentir nos ritmos, que vão desde a capoeira até o blues, passando pelo coco e pela tropicália, até o afrobeat, permeadas pela sua veia rock and roll característica. Galanga Livre exalta sonoridades das raízes africanas, combinadas com letras que abordam a consciência e a valorização da afrodescendência no Brasil contemporâneo.

____________________________________________

 

Show – Maiara Moraes Quarteto

Participação de Eduardo Neves

5b80289009106.jpg
Foto: Divulgação

Dia 30 de janeiro, quarta, às 20h30

Local: Auditório (98 lugares)

Recomendação: 10 anos.

Preços: R$ 25,00 (inteira), R$ 12,50 (meia entrada: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência) e R$ 7,50 (credencial plena do Sesc – trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes)

 

Lançamento do disco Nós. O início da ideia que resultou no disco foi a pesquisa de Maiara sobre o flautista Copinha. A dissertação de mestrado e o repertório apresentado no recital eram, a princípio, a base do que seria gravado. Além dele, Maiara também trouxe flautistas-compositores que foram importantes na sua formação e entendimento da flauta na música brasileira.

___________________________________________

 

 

Show – Toninho Horta, Juarez Moreira, Wagner Tiso e Nivaldo Ornelas

1545325854909604.JPG

Dia 2 de fevereiro, sábado, às 21 horas

Local: Teatro Paulo Autran (1010 lugares)

Recomendação: 10 anos.

Preços: R$ 40,00 (inteira), R$ 20,00 (meia entrada: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência) e R$ 12,00 (credencial plena do Sesc – trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes)

 Encontro inédito apresenta composições autorais e temas do Clube da Esquina, Tom Jobim e Ari Barroso.

 

banner-d4672af1ebe62a351467d849dd4b5b5e
Foto: Divulgação

Toninho Horta é compositor, arranjador, produtor musical e guitarrista.  No Brasil, tem trabalhos realizados com Tom Jobim, Elis Regina, Gal Costa, Milton Nascimento, Maria Bethânia, Jane Duboc, Caetano Veloso, e muitos outros. O artista já excursionou pela Inglaterra, Rússia, Japão, Coreia, Finlândia, Eslováquia, Eslovênia, Croácia, Itália, Holanda, Bélgica, Açores (Portugal), Martinica, Suíça e Áustria.

 

 

134909_juarez-moreira1.jpg.1000x390_q60_box-0,133,1050,543_crop_detail
Foto: Divulgação

Juarez Moreira cresceu ouvindo jazz, bossa nova e a música brasileira dos anos 50. O violonista é também guitarrista e arranjador e se apresentou nos quatro cantos do mundo e tem 12 CDs lançados e um DVD gravado ao vivo. Nesta extensa trajetória na música instrumental, subiu ao palco ao lado de Egberto Gismonti, Ivan Lins, Bituca, Yamandu Costa, Toninho Horta, Maria Bethânia, Gal Costa, entre outros. Se apresenta em festivais e projetos como Free Jazz, I Love Jazz, Joinville Jazz Festival, Instrumental Sesc Brasil, Tudo é Jazz, Festa da Música, MIMO Festival, Choro Jazz, Música no Museu e Série BH Instrumental, além de show fora do país, como Estados Unidos, França, Venezuela, Portugal, Itália, Suíça, Finlândia, Argentina e Venezuela.

Wagner-Tiso
Foto: Divulgação

Wagner Tiso é compositor, instrumentista e arranjador. Em cada uma dessas áreas distintas, o artista realiza obra importante que deve ser abordada de maneira independente, mas complementar. Como compositor, se movimenta com tranquilidade pelo universo da música popular e erudita, reforçando uma característica bastante peculiar da cultura musical brasileira.  Não se limita a alguns gêneros, transitando com desenvoltura pela música internacional, a latino-americana, a regional, a bossa nova, o rock e o jazz. Essa variedade permite que ele se apresente em diversos espaços de sociabilidade musical: na indústria fonográfica, televisão, festivais, teatro, cinema e dança.

FCS-Minas-Pocket-Music-Nivaldo-Ornelas-Foto-1-Créditos-Fabiano-Veneza.jpg
Foto: Divulgação

Nivaldo Ornelas nasceu em berço musical, com família de músicos, cantores e artistas. Com mais de 50 anos de carreira, transita entre o popular e o erudito, destacando a riqueza do jazz e da música popular brasileira. O saxofonista, flautista e compositor foi um dos fundadores do Berimbrau Jazz Clube, point dos músicos mineiros nos anos 60, e participou do Clube da Esquina. O músico realiza shows pelo Brasil e no exterior. Premiado, criou em 2010 a Jazz Mineiro Orquestra, que une a harmonia do jazz com elementos da MPB.

____________________________________________

 

 

Projeto – Salve Dominguinhos!

Dominguinhos 560x360
Foto: Divulgação

Projeto homenageia a obra de Dominguinhos, cantor, compositor e instrumentista reconhecido como um dos mais importantes sanfoneiros da história do Brasil.

Show – O Vôo da Asa Branca!

Dias 26 e 27 de janeiro, sábado às 21 horas, e domingo, às 18 horas

Local: Teatro Paulo Autran (1010 lugares)

Recomendação: 10 anos.

Preços: R$ 40,00 (inteira), R$ 20,00 (meia entrada: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência) e R$ 12,00 (credencial plena do Sesc – trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes)

 

O show reúne músicos que estiveram com Dominguinhos em diferentes momentos da carreira. Com direção musical de Arismar do Espírito Santo.

SESC PINHEIROS
Endereço: Rua Paes Leme, 195.
Bilheteria: Terça a sábado das 10h às 21h. Domingos e feriados das 10h às 18h.
Tel.: 11 3095.9400.

Estacionamento com manobrista: Terça a sexta, das 7h às 21h30; Sábado, das 10h às 21h30; domingo e feriado, das 10h às 18h30. Taxas / veículos e motos: para atividades no Teatro Paulo Autran, preço único: R$ 12 (credencial plena do Sesc) e R$ 18 (não credenciados).
Transporte Público: Metrô Faria Lima – 500m / Estação Pinheiros – 800m

 

Fotos: Divulgação

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s